As Atividades do Farmacêutico

O Brasil criou seu primeiro curso de Farmácia em
1832, no Rio de Janeiro. Até então, o boticário era o profissional
autorizado a exercer as funções correspondentes às do atual
farmacêutico. Em 1931, a profissão de farmacêutico foi finalmente
regulamentada, passando a ser exercida apenas por profissional diplomado
em instituições de ensino oficialmente reconhecidas. Para seguir esta
carreira, é preciso ter aptidão em matérias ligadas à Química e à
Biologia, que formam a base do conhecimento necessário à formação em
Ciências Farmacêuticas. Em linhas gerais, o farmacêutico atua em três
modalidades básicas: Fármacos e Medicamentos, Análises Clínicas e
Toxicológicas e Alimentos.

O farmacêutico pesquisa, prepara, distribui e comercializa medicamentos, cosméticos e produtos de higiene pessoal. Investiga, examina e testa substâncias e princípios ativos que entram na composição de medicamentos e em produtos higiênicos e de perfumaria, observando as reações que provocam no organismo. Registra novas drogas e verifica se os produtos chegam ao consumidor dentro das normas e padrões sanitários.

O cuidado dos farmacêuticos com a saúde da população vai muito além do que é feito em farmácias e drogarias.

 No Brasil, eles podem exercer mais de 70 atividades diferentes. Conheça algumas delas abaixo:


O trabalho desempenhado pelo farmacêutico, em farmácias e drogarias, vai além da dispensação de medicamentos. Ele analisa a prescrição, dispensa os medicamentos, orienta o usuário sobre os efeitos desejados e as eventuais reações adversas, enfatiza a importância da adesão ao tratamento, fazendo as intervenções necessárias à obtenção da resposta terapêutica esperada, durante o acompanhamento, além de disponibilizar outros serviços como aferição de pressão arterial, verificação da temperatura corporal e dosagem de glicose. É, também, o responsável pela gestão do estabelecimento.


Na indústria de medicamentos, o farmacêutico atua no registro e desenvolvimento de medicamentos, produção, controle e garantia da qualidade dos produtos, marketing, serviço de atendimento ao consumidor (SAC), farmacovigilância, assuntos regulatórios, entre outras atividades.


Nas análises clínicas, o farmacêutico atua realizando e supervisionando a coleta de material biológico, realizando exames laboratoriais com a emissão de laudos nas áreas de hematologia, bioquímica, imunologia, microbiologia, uranálise, parasitologia, micologia, genética e biologia molecular. Atua, ainda, no gerenciamento de serviços de saúde, controle e auditoria de qualidade nos laboratórios clínicos, entre outras atividades.


O farmacêutico hospitalar é o responsável pelas atividades da farmácia de um hospital, ele exerce funções essenciais como planejar, padronizar, requisitar, receber, armazenar, dispensar, controlar e acompanhar o uso dos medicamentos e de outros produtos para a saúde, entre outros.


Na indústria de cosméticos o farmacêutico atua no registro e produção de cosméticos, desenvolvimento de novos produtos, controle e garantia da qualidade, serviço de atendimento ao consumidor (SAC), cosmetovigilância, marketing de cosméticos, estudos de estabilidade, assuntos regulatórios, entre outros.


O farmacêutico atua na operação logística, armazenamento de medicamentos e outros produtos para a saúde, no transporte de medicamentos, monitoramento de processos logísticos farmacêuticos, assuntos regulatórios, monitoramento da cadeia de frio e de medicamentos controlados e outras atividades.


Na indústria alimentícia, o farmacêutico desenvolve produtos para a nutrição, faz análise bromatológica, realiza controle microbiológico, químico e físico-químico das matérias-primas e produtos acabados, entre outras atividades.

Áreas de Atuação do Farmacêutico

Acupuntura
Administração de laboratório clínico
Administração farmacêutica
Administração hospitalar
Análises clínicas
Assistência domiciliar em equipes multidisciplinares
Atendimento pré-hospitalar de urgência e emergência
Auditoria farmacêutica
Bacteriologia clínica
Banco de cordão umbilical
Banco de leite humano
Banco de sangue
Banco de Sêmen
Banco de órgãos
Biofarmácia
Biologia molecular
Bioquímica clínica
Bromatologia
Citologia clínica
Citopatologia
Citoquímica
Controle de qualidade e tratamento de água, potabilidade e controle ambiental
Controle de vetores e pragas urbanas
Cosmetologia
Exames de DNA
Farmacêutico na análise físico-química do solo
Farmácia antroposófica
Farmácia clínica
Farmácia comunitária
Farmácia de dispensação
Fracionamento de medicamentos
Farmácia dermatológica
Farmácia homeopática
Farmácia hospitalar
Farmácia industrial
Farmácia magistral
Farmácia nuclear (radiofarmácia)
Farmácia oncológica
Farmácia pública
Farmácia veterinária
Farmácia-escola
Farmacocinética clínica
Farmacoepidemiologia
Fitoterapia
Gases e misturas de uso terapêutico
Genética humana
Gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde
Hematologia clínica
Hemoterapia
Histopatologia
Histoquímica
Imunocitoquímica
Imunogenética e histocompatibilidade
Imunohistoquímica
Imunologia clínica
Imunopatologia
Meio ambiente, segurança no trabalho, saúde ocupacional e responsabilidade social
Micologia clínica
Microbiologia clínica
Nutrição parenteral
Parasitologia clínica
Saúde pública
Toxicologia clínica
Toxicologia ambiental
Toxicologia de alimentos
Toxicologia desportiva
Toxicologia farmacêutica
Toxicologia forense
Toxicologia ocupacional
Toxicologia veterinária
Vigilância sanitária
Virologia clínica

Para Complementar o Conteúdo:

♦ Profissional Farmacêutico – Blog Farmacêutica Curiosa
♦ As setenta e oito áreas de atuação do profissional farmacêutico

Fontes:
http://pfarma.com.br 
 http://www.cff.org.br/campanhas/

Deixe o seu Comentário