Dicas importantes para gerenciar Doenças Crônicas


Preparado para embarcar nesta leitura e ter acesso ao conteúdo que pode fazer a diferença?

Quando se fala em saúde é comum vermos os profissionais de saúde cada vez mais atentos as chamadas doenças crônicas. Tais doenças são silenciosas, normalmente não apresentam grandes riscos no curto prazo, mas ao longo do tempo é que começam a assustar e causar problemas para quem as tem.

Legal, deu para perceber a importância de ficarmos atentos às doenças crônicas não é mesmo, mas afinal o que são doenças crônicas?

Em resumo, são aquelas doenças de longa duração e que levam mais tempo para serem curadas (algumas não tem cura).  Alguns exemplos desse tipo de doenças são:

  • Diabetes;
  • Obesidade;
  • Hipertensão;
  • Esquizofrenia;
  • Alzheimer;
  • Parkinson;

doencas-cronicas

A maioria das doenças crônicas tem forte relação com o avanço da idade, estilo de vida, sedentarismo, hábitos alimentares e estresse. Atualmente as doenças crônicas são a principal causa de morte no Brasil e no mundo, representando 60% das mortes.

Segundo dados do  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 75% dos brasileiros com mais de 60 anos tem alguma doença crônica.

Se nada for feito, o Ministerio de Saúde afirma que em 10 anos teremos um aumento de 17% no número de mortes em decorrência de doenças crônicas.

Os números são assustadores, não é verdade? Mas afinal como controlar tais doenças? Como seguir um tratamento médico da maneira certa? Será possível evitar os males desse grande problema do nosso século?

A resposta é COM CERTEZA!!! A maior parte das doenças crônicas podem ser prevenidas ou controladas. Para isso, aqui vai os principais passos para ter uma vida saudável sem temer tais doenças:

1 A prevenção é o melhor remédio!

Se você ainda não faz parte da estatística de ter algum tipo de doença crônica, previna-se para evitar entrar nessa perigosa estatística. Antecipar um problema através de hábitos saudáveis que envolvam alimentação e prática de exercícios podem te ajudar a fugir dessa estatística.

2 Compreenda a doença, torne-se um Expert sobre o assunto.

Entender o funcionamento da doença é fundamental para conseguir controla-la, por isso estude como a doença age, descubra se sua família tem um histórico de doenças crônicas, enfim, seja um bom detetive e vasculhe tudo que possa te deixar preparado, afinal conhecimento nunca é demais.

monitoramento-diabetes
Se você tem Diabetes e quer aprender a se Alimentar de forma Saudável. Clique nesta imagem e aprenda.

3 Siga o tratamento conforme recomendação do seu médico

Se tornou um doente crônico? Não tenha medo, seu médico está com você para te ajudar, por isso siga suas recomendações, tratamento, bem como não se esqueça de tirar quaisquer dúvidas que surjam junto ao profissional de saúde.

Lembre-se também, tratamento não envolve apenas medicamentos, é importante adotar algumas mudanças em seu estilo de vida, como adoção de dieta, hábitos saudáveis e prática de atividades físicas.

4 O tratamento é muito importante, ai vai mais uma grande dica!

Se você tem o habito de esquecer seus medicamentos, saiba que você não está sozinho. Mas fique tranquilo, a tecnologia está ai para te ajudar. Existem aplicativos de lembretes de medicamentos que podem te acompanhar em seu tratamento, é o caso do Lembrete de Medicamento Dr. CUCO, que te lembra de tomar seus medicamentos na hora certa e ainda permite que você encontre os melhores preços dos seus medicamentos nas principais farmácias online do Brasil. O Aplicativo está disponível para Android e iPhone. Para saber mais clique aqui.

author-pic

Este foi um Guest Post Escrito por Gustavo Comitre:

Formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Santa Catarina, possui experiência em gerenciamento de projetos, gestão de equipes e em consultorias para a implantação e desenvolvimento de parques tecnológicos e clusters em diversas regiões do Brasil.
Atualmente é Chief Product Officer do Dr. CUCO, uma startup que busca revolucionar as consultas médicas, transformando a forma como médicos e pacientes interagem e melhorando a experiência do tratamento médico na vida das pessoas 🙂

Deixe o seu Comentário