glossario-termos-tecnicos-1

Termos técnicos utilizados na prática clínica, Glossário (Parte 1)

Dispensação
Compartilhe...

Porque conhecer termos técnicos

Termos técnicos são normalmente utilizados em várias situações do cotidiano e também na prática clínica. Muitas vezes, não sabemos porque são utilizados ou qual é o seu significado.

Neste post, trouxemos para você um glossário de vários termos técnicos que são utilizados em hospitais, clínicas, unidades de saúde, farmácias e outros lugares.

O conhecimento dos termos técnicos relacionados à saúde auxilia na comunicação entre profissionais e pacientes e facilita o entendimento de várias situações.

Existe uma grande quantidade de termos técnicos que são utilizados na prática clínica por isso, esse post foi dividido em duas partes. Nesse primeiro post, iremos conhecer alguns termos técnicos de A a J. O próximo post irá contemplar o restante do alfabeto (link no fim do artigo).

termos-tec-prat-clin-glossario-1

Primeira parte da lista de termos técnicos » Letras A a J


A

Abasia: incapacidade de marcha (ficar em pé e andar);
Abcesso: coleção ou acúmulo de pus em um local do corpo;
Ablepsia: falta ou perda da visão, cegueira;
Absorção: passagem ou penetração de uma substância pela pele ou mucosa;
Abstinência: contenção, ato de privar-se do uso de alguma substância;
Acinesia: perda de movimento, imobilidade;
Acne: inflamação das glândulas sebáceas;
Acromia: ausência de cor por falta de melanina, falta de pigmentação da pele;
Adenoidectomia: remoção do adenoide (hipertrofia ou inchaço patológico das amígdalas);
Adiposo: tecido constituído por gordura, local com gordura;
Adipsia: ausência de sede;
Aeremia: presença de ar no sangue;
Aerofagia: deglutição anormal de ar, provocando eructação frequente (arrotos);
Afagia: impossibilidade de deglutir;
Afasia: impossibilidade de falar ou entender a palavra falada (causas nervosas);
Afebril: que não tem febre, apirético;
Afecção: doença, enfermidade;
Afonia: perda da voz ou diminuição da fala (causa local, rouquidão, inflamação da garganta);
Agalactia: ausência de produção de leite na mulher puérpera ou pós parto;
Albuminúria: presença de albumina na urina;
Algesia: sensibilidade à dor;
Algia: dor em geral;
Algidez: resfriamento das extremidades;
Alopecia: queda de cabelo parcial ou total;
Aloplastia: substituição de uma parte do corpo por material estranho, prótese;
Amaurose: enfraquecimento ou perda total da visão;
Ambliopia: diminuição da acuidade visual ou perturbação da visão, provocada por intoxicação, alteração nervosa, avitaminose, e outras causas;
Amenorreia: ausência de fluxo menstrual;
Amigdalectomia: remoção das amídalas;
Amputação: remoção de um membro ou parte do corpo necrosada;
Analgesia: diminuição da sensibilidade à dor;
Anasarca: edema ou inchaço generalizado;
Anastomose: junção ou ligação patológica entre dois espaços ou órgãos normalmente separados;
Andropausa: diminuição progressiva das funções sexuais masculinas por baixa de hormônios;
Anemia: diminuição da quantidade de hemácias;
Aneurisma: dilatação anormal, localizada, de um vaso sanguíneo, em especial de uma artéria;
Aneurismectomia: remoção do aneurisma;
Anfiartrose: articulação que se movimenta muito pouco;
Anidrose: ausência ou diminuição de suor;
Aniridia: ausência congênita ou falha na íris;
Anisocoria: desigualdade no diâmetro das pupilas;
Anodontia: ausência congênita ou adquirida dos dentes;
Anorexia: falta de apetite, inapetência;
Anosmia: diminuição ou perda completa do olfato;
Anúria: supressão total da secreção urinária;
Apatia: falta de sentimento ou interesse, indiferença, insensibilidade;
Apendicectomia: cirurgia para remoção do apêndice;
Apirexia: falta de febre, cessação da febre;
Apneia: parada dos movimentos respiratórios;
Apojadura: subida do leite à glândula mamária;
Apoplexia: acidente vascular cerebral;
Aptialismo: deficiência ou ausência da saliva;
Arritmia: irregularidade do ritmo cardíaco (número, intervalo e força das batidas);
Arterioplastia: correção da artéria;
Artralgia: dor nas articulações;
Artrodese: imobilização de articulação;
Artroplastia: cirurgia em uma articulação com finalidade de restaurar o movimento e a função da mesma;
Artroscopia: consiste em introduzir aparelho ótico através de orifício para inspecionar a articulação;
Artrotomia: abertura cirúrgica das articulações;
Ascite: edema localizado na cavidade peritonial com acumulo de liquido;
Asfixia: sufocação, dificuldade da passagem do ar;
Astasia: incoordenação motora que torna impossível ao paciente permanecer em pé.
Astenia: fraqueza, cansaço;
Ataxia: falta de coordenação muscular;
Atresia: ausência ou fechamento de um orifício natural;
Atrofia muscular: definhamento do músculo, decorrente da desnutrição ou por desuso;
Atrofia: diminuição adquirida do volume e do peso de um órgão que havia alcançado seu tamanho normal;
Auricular: referente a orelha;
Azia: sensação de ardor estomacal, eructação azeda e ácida.


B

Bacteremia: presença de bactérias patogênicas no sangue;
Balanite: inflamação da glande ou da cabeça do pênis;
Balanopostite: inflamação da glande e do prepúcio;
Bartholinectomia: remoção da glândula de Bartholin;
Bilioso: referente a bile, causado por excesso de bile;
Binasal: referente a ambos os campos visuais nasais;
Biópsia: retirada de um fragmento de órgão ou tecido para análise laboratorial;
Blefarite: inflamação das pálpebras;
Blefaroplastia: correção das pálpebras;
Blenorreia: secreção abundante das mucosas, especialmente da vagina e uretra;
Blenúria: presença de muco na urina;
Bócio: hiperplaisa da glândula tireóide;
Bradicardia: batimento lento do coração, diminuição do ritmo cardíaco;
Bradipneia: redução da frequência respiratória;
Bradisfigmia: lentidão anormal do pulso;
Braquial: referente ao braço;
Braquialgia: dor no braço;
Broncoespasmo: espasmo dos músculos bronquiais;
Broncoscopia: consiste em introduzir aparelho ótico através de orifício para inspecionar os brônquios;
Broncotomia: incisão cirúrgica nos brônquios;
Brotoeja: erupção cutânea com coceira;
Bucal: oral, referente à boca;
Bulectomia: retirada de bolhas do pulmão;
Bulimia: fome exagerada e patológica;
Bursite: inflamação da bolsa sinovial.


C

Cacofonia: voz anormal e desagradável;
Cãibra: contração muscular, com espasmos e dolorosa;
Calafrio: contrações involuntárias da musculatura esquelética, apresentando tremores e bater dos dentes;
Cantoplastia: reparação cirúrgica do canto da unha (unha encravada);
Caquexia: emagrecimento intenso, mau estado geral;
Cárdia: abertura entre o esôfago e porção cardíaca do estomago, caracteriza-se pela ausência de células ácidas;
Cardialgia: dor no coração;
Cardiotomia: operação em que a terminação cardíaca do estomago ou orifício cardíaco é incisado;
Cauterização: destruição do tecido por meio de agente cáustico ou calor (bisturi elétrico);
Cefaleia: dor de cabeça localizada;
Cerclagem: sutura da cérvix do útero incapaz de reter o feto, as suturas são retiradas no final da gestação;
Cervicite: inflamação do colo do útero;
Cetonúria: presença de corpos cetônicos na urina;
Cianose: coloração azulada das extremidades por falta de oxigênio;
Cianótico: com cianose;
Circuncisão: ressecção da pele do prepúcio que cobre a glande;
Cistectomia: remoção da bexiga;
Cistite: inflamação da bexiga;
Cistocele: hérnia da bexiga;
Cistopexia: fixação da bexiga;
Cistoscopia: consiste em introduzir aparelho ótico através de orifício para inspecionar a bexiga;
Cistostomia: abertura na parede da bexiga para drenagem de urina;
Claudicação: fraqueza momentânea de um membro;
Climatério: menopausa;
Clister: introdução de pequena quantidade de água, medicamento ou alimento no intestino;
Cloasma: manchas escuras na pele, principalmente no rosto da gestante;
Coagulação: aglutinação de um liquido com formação de coágulo;
Colecistectomia: retirada da vesícula biliar;
Colecistite: inflamação da vesícula biliar;
Colectomia: retirada do cólon;
Coledocotomia: exploração e drenagem do ducto biliar;
Colecistostomia: cirurgia para drenagem da vesícula biliar;
Cólica: dor espasmódica, proveniente de espasmos;
Colonoscopia: consiste em introduzir aparelho ótico através de orifício para inspecionar o cólon;
Colostomia: abertura do cólon através da parede abdominal afim de desviar o trânsito intestinal;
Colpoperineoplastia: correção do períneo e vagina;
Colporrafia: sutura da vagina;
Colposcopia: consiste em introduzir aparelho ótico através de orifício para inspecionar a vagina;
Colúria: presença de bilirrubina ou bílis na urina;
Coma: estado de inconsciência;
Congênito: característico do indivíduo desde o nascimento ou durante a formação intrauterina;
Constipação: retenção de fezes ou evacuação insuficiente;
Contratura: rigidez muscular;
Coprólito: massa endurecida de matéria fecal nos intestinos;
Coriza: eliminação acentuada de secreções nasais;
Cranioplastia: correção do crânio;
Craniotomia: abertura do crânio;
Curetagem uterina: raspagem e remoção do conteúdo uterino;
Cutâneo: referente a pele.


D

Dacriadenectomia: extirpação de uma glândula lacrimal;
Dacriocistectomia: extirpação de parte do saco lacrimal;
Dacriocistotomia: incisão do saco lacrimal (drenar);
Dactilite: inflamação de um dedo ou um artelho;
Deambular: caminhar, andar;
Decúbito: posição deitada;
Debilidade: fraqueza, falta de forças;
Debridamento: limpeza de um tecido infectado ou necrótico de um ferimento;
Decolostomia: cirurgia para desfazer a colostomia;
Deglutir: engolir;
Dermatite: inflamação da pele;
Dermatose: doença da pele;
Dermoabrasão: procedimento cirúrgico para remoção das cicatrizes de acne, sinais e tatuagens;
Desidratação: perda de líquidos e eletrólitos pelo organismo;
Desmaio: ligeira perda dos sentidos;
Diaforese: sudorese excessiva;
Diarreia: evacuações freqüentes e líquidas;
Diplegia: paralisia de partes similares nos dois lados do corpo, paralisia bilateral;
Diplopia: visão dupla dos objetos devido aos transtornos da coordenação dos músculos motores oculares;
Disfagia: dificuldade de deglutir, geralmente dolorosa;
Disfonia: distúrbio na voz;
Dismenorreia: menstruação difícil e dolorosa;
Dispneia: dificuldade respiratória;
Disquesia: evacuação difícil e dolorosa;
Dissecção: corte, retalhamento;
Distensão: estiramento de alguma fibra muscular, entumescimento ou expansão;
Distrofia: perturbação da nutrição que afeta o estado de saúde;
Disúria: micção difícil e dolorosa, dor ao urinar;
Diurese: volume urinário coletado, secreção urinária;
Dorsal: referente a dorso, costas;
Duodenectomia: remoção do duodeno;
Duodenoscopia: introdução de aparelho ótico através de orifício para inspecionar o duodeno;
Duodenotomia: incisão no duodeno.


E

Edema: é o acúmulo anormal de água em certa parte do corpo, inchaço;
Embolectomia: remoção do embolo;
Êmese: ato de vomitar;
Endometrite: inflamação do endométrio;
Endoscopia: consiste em introduzir aparelho ótico através de orifício para inspecionar os órgãos internos;
Enema: clister, lavagem, introdução de líquidos no reto;
Enteralgia: dor intestinal;
Enurese: incontinência urinária geralmente noturna;
Entérico: relativo ao intestino;
Enxaqueca: dor de cabeça unilateral;
Enxerto: inserção de pedaço de pele ou osso para corrigir defeito ou falha em órgão ou tecido;
Epigastralgia: dor no epigástrio;
Epigástrio: porção médio e superior do abdômen;
Episiorrafia: sutura do músculo perineal após o parto;
Episiorragia: hemorragia perineal;
Episiotomia: incisão perineal para evitar a ruptura do períneo durante o parto;
Epistaxe: sangramento no nariz;
Epistótomo: contrações musculares generalizadas com encurvamento do corpo para frente;
Equimose: sangue depositado por baixo dos tecidos, manchas escuras ou avermelhadas;
Eritema: vermelhidão na pele;
Eructação: emissão de gases estomacais pela boca, arroto;
Erupção: pequenas lesões cutâneas caracterizado por rubor ou proeminência, ou ambos;
Erupção na pele: vermelhidão da pele com vesículas;
Escabiose: sarna; moléstia cutânea contagiosa caracterizada por lesões multiformes, acompanhadas por prurido intenso;
Escara de decúbito: úlcera formada pela longa permanência uma mesma posição em pessoas acamadas;
Esclerodermia: afecção cutânea com endurecimento da pele;
Esclerose: endurecimento patológico de tecidos ou vasos; perda de elasticidade; endurecimento da pele, devido a uma proliferação exagerada de tecido conjuntivo; alteração do tecido ou órgão, caracterizada pela formação de tecido fibroso;
Escoriação: ato de esfolar superficialmente, abrasão, erosão;
Escótomo: ponto cego no campo visual;
Escótomo cintilante: pontos luminosos no campo visual, na hipertensão arterial;
Escrotal: relativo ao escroto;
Escrotite: inflamação do escroto;
Escrotocele: hérnia do escroto;
Esfacelo: necrose, gangrena;
Esfacelodermia: gangrena da pele;
Esfenoidal: referente ao esfenoide;
Esfenoide: osso situado no centro do assoalho cranial;
Esfigmocardiógrafo: dispositivo que registra graficamente os movimentos do pulso e coração;
Esfígmico: relativo ao pulso;
Esfigmógrafo: dispositivo que registra graficamente os movimentos do pulso;
Esfigmomanômetro: aparelho para aferir a pressão arterial;
Esfíncter: músculo em forma circular que constitui o orifício de um órgão;
Esfincteralgia: dor em um esfíncter;
Esfincteroplastia: reparação cirúrgica de um esfíncter
Esfincterotomia: divisão dos músculos de um esfíncter;
Esfoliação: desprendimento de tecido;
Esfregaço: material espalhado em uma lâmina de vidro para exame por microscópio;
Esfregaço cervical: esfregaço das secreções mucosas do colo uterino;
Esmegma: secreção caseosa em redor dos pequenos lábios ou prepúcio;
Esofagectomia: remoção do esôfago;
Esofagismo: espasmo do esôfago;
Esôfago: canal ou ducto responsável por conduzir os alimentos da boca ao estômago, situado atrás da traqueia;
Esofagocele: hérnia do esôfago;
Esofagogastroduodenoscopia: consiste em introduzir aparelho ótico através de orifício para inspecionar o esôfago, estomago e duodeno;
Esofagomalacia: amolecimento do esôfago;
Esofagoptose: prolapso do esôfago;
Esofagoscópio: dispositivo para exame visual do esôfago;
Esofagoscopia: consiste em introduzir aparelho ótico através de orifício para inspecionar o esôfago;
Esofagostomia: extirpação do esôfago;
Espasmódico: rígido, com espasmo;
Espasmofilia: tendência a espasmos e convulsões;
Espasmolítico: medicamento destinado a combater espasmo;
Espástico: que se encontra em estado espasmódico;
Espéculo: instrumento para examinar o interior de cavidades como ouvido, reto e vagina;
Esperma: líquido expelido durante o ato sexual pelos machos;
Espermatite: inflamação do canal deferente;
Espermatocele: cisto em uma parte do epidídimo;
Espermatocistite: inflamação da vesícula seminal;
Espermatorreia: incontinência de esperma;
Espermatúria: presença de esperma na urina;
Espermicida: que mata espermatozoides;
Espirômetro: dispositivo que mede a capacidade respiratória dos pulmões;
Espinha bífida: anomalia do desenvolvimento embrionário em que a medula e o saco que a envolve não estão contidos dentro do canal medular;
Epidemiologia: estudo da frequência, da distribuição e dos determinantes dos problemas de saúde em populações humanas, bem como a aplicação desses estudos no controle dos eventos relacionados com saúde;
Espirometria: medida da capacidade respiratório dos pulmões;
Esplenectomia: remoção do baço;
Esplenectopia: queda do baço, patologia, anomalia da posição do baço;
Esplenodimia: dor no baço;
Esplenomalácia: amolecimento do baço;
Esplenomegalia: aumento do volume do baço;
Esplenopatia: afecção do baço;
Esplenopexia: fixação cirúrgica do baço;
Esplenotomia: incisão no baço;
Espondilalgia: dor nas vértebras;
Espondilartrite: inflamação das articulações vertebrais;
Espondilite: inflamação de uma ou mais vértebras;
Esposticidade: capacidade de entrar em espasmo;
Espondilolistese: deslocamento de uma vértebra sobre a outra devido a anomalia genética ou degenerativa;
Esputo: escarro, material expectorado, pode ser mucótico, mucopurolento, purulento, hemorrágico, espumoso;
Esquinência: termo em desuso para amigdalite;
Estafiledema: edema da úvula;
Estafilete: inflamação da úvula;
Estafilococemia: presença de estafilococos no sangue;
Estafilococos: bactérias em forma de cachos de uva;
Estafiloplastia: cirurgia plástica da úvula;
Estafilorrafia: sutura da úvula;
Estase intestinal: demora excessiva das fezes no intestino;
Estase: estagnação de um líquido anteriormente circulante;
Esteatoma: lipoma, tumor de tecido gorduroso;
Esteatorreia: evacuação de fezes descoradas, contendo muita gordura;
Esteatose: degeneração gordurosa;
Estenose: estreitamento;
Estercólito: fecólito, massa dura e compacta de fezes;
Estereognose: reconhecimento de um corpo pelo tato;
Estermitatório: que provoca espirro;
Esternal: relativo ao osso externo;
Esternalgia: dor no esterno;
Esterno: o osso achatado localizado no peito que une as costelas e forma a caixa toráxica;
Esternutação: espirro;
Estertor: ruído respiratório anormal percebido na ausculta dos pulmões, devido a passagem do ar pela vias brônquicas estreitadas ou contendo secreções mais ou menos espessas ou ao nível de uma caverna pulmonar;
Estertorosa: respiração ruidosa;
Estomacal: relativo ao estômago;
Estomatite: termo genérico para inflamação da mucosa oral;
Estomatologia: estudo das doenças da boca;
Estomatorragia: hemorragia da boca;
Estrabismo: falta de orientação dos eixos visuais para o objeto devido a incoordenação dos músculos motores oculares;
Estrangúria: micção dolorosa;
Estreptococos: gênero de bactéria gram-positiva que se apresentam em forma de cadeia ou rosário;
Estritura: estreitamento de um canal;
Estrófulo: dermatose benigna, comum no recém-nascido;
Estrumite: inflamação da glândula tireoide;
Estupor: inconsciência total ou parcial, mutismo sem perda da percepção sensorial;
Estutor: inconsciência total ou parcial;
Eterização: anestesia pelo éter;
Eteromania: embriaguez habitual pela inalação de éter;
Etilismo: vício do uso de bebidas alcoólicas, intoxicação crônica pelo álcool etílico;
Etilista: alcoólatra;
Etiologia: estudos das causas da doença;
Etmoide: osso do crânio localizado em posição medial e anterior que contribui para a formação das fossas nasais;
Eupneia: respiração normal;
Eutanásia: ato de proporcionar morte sem sofrimento a um doente atingido por doença incurável;
Eutócia: situação obstétrica favorável que permite esperar um parto normal;
Eutrofia: boa alimentação;
Eventração: saída total ou parcial de vísceras na parede abdominal, mas a pele continua íntegra;
Evisceração: remoção das vísceras do abdômen;
Exantema: qualquer erupção cutânea;
Excisão: corte ou retirada de um órgão ou parte dele;
Exodontia: extração dos dentes;
Exoftalmia: projeção do globo ocular para fora da órbita;
Exostose: projeção óssea para fora da superfície do corpo;
Expectação: ato de deixar a doença evoluir limitando-se o médico a atenuar os sintomas;
Expectoração: expelir secreção pulmonar (escarro);
Expectorante: medicamento que promove a expulsão de catarro e mucosidade da traqueia e brônquios;
Exsudato: substância liquida eliminada patologicamente;
Extirpação: retirada completa;
Extrofia: reviramento de um órgão para fora.


F

Fadiga: cansaço, esgotamento;
Falo: pênis;
Faringectomia: retirada cirúrgica de parte da faringe;
Faringite: inflamação da faringe;
Faringodinia: dor na faringe;
Faringoplegia: paralisia dos músculos da faringe;
Faringoscópio: instrumento para exame da faringe;
Faringotomia: incisão na faringe;
Fastígio: o ponto mais alto, esplendor, auge (exemplo: febre);
Febrícula: febre pouco elevada e passageira;
Febrífugo: que afasta a febre;
Febril: caracterizado pela febre, que tem febre;
Febrilidade: estado febril;
Fecaloma: massa fecal endurecida, formada no intestino, em casos de retenção fecal prolongada;
Fecaloide: que se parece com a matéria fecal;
Feocromocitoma: tumor das glândulas suprarrenais que produz aumento da pressão arterial;
Ferida: lesão traumática;
Fibrilação: atividade continua, incoordenada, anormal, do miocárdio, do diafragma ou de outros músculos, caracterizada por uma sucessão rápida e irregular de contrações e relaxamentos;
Filaxia: proteção, defesa;
Filiforme: em forma de fio;
Filopressão: compressão de um vaso sanguíneo por um fio;
Fimatose: tuberculose;
Fimose: estreitamento natural do prepúcio; este não pode ser puxado para trás;
Fisiatria: fisioterapia, tratamento por meios físicos;
Fissura: abertura ou sulco superficial, fenda, ulceração de mucosa;
Fistulectomia: remoção da fístula;
Fístula: orifício ou condutor anormal, acidental ou congênito, que dá passagem a produtos de secreção ou ao pus;
Flato: ar ou gases no intestino;
Flatulência: distensão do intestino pelo acúmulo de fezes e gases;
Flebectomia: extirpação ou retirada de uma veia;
Flebite: inflação de uma veia, processo inflamatório que acomete a parede de uma veia;
Fleborrexe: ruptura de uma veia;
Flebosclerose: esclerose das veias;
Flebotomia: dissecção de veia;
Flegmasia: inflamação;
Flictema: pequena bolha cheia de liquido, vesícula na pele;
Flogístico: inflamatório;
Flogogênico: que provoca inflamação;
Flogose: inflamação;
Fobia: temor exagerado de algo;
Foliculite: inflamação de folículos;
Folículo: órgão microscópico existente no ovário, e que ao amadurecer forma o óvulo, também pequeno saco ou cavidade (exemplo: folículo piloso, dos pelos);
Fonação: emissão de sons vocais;
Fontanela: moleira, parte não ossificada do crânio de bebês;
Fotofobia: dificuldade de visão na claridade;
Fratura: quebra, divisão de ossos;
Frenalgia: dor no diafragma;
Frenite: inflamação no diafragma;
Frêmito: fina palpação ou trepidação percebida à palpação;
Frontal: relativo à fronte (testa);
Fumigação: desinfecção por meio de gases;
Furúnculo: infecção e inflamação um folículo piloso;
Furunculose: aparecimento de vários furúnculos.


G

Galactagogo: que estimula a secreção de leite;
Galactocele: dilatação da glândula mamaria em forma de cisto cheio de leite;
Galactorreia: secreção excessiva de leite que se derrama;
Gânglio linfático: um nódulo ou um aglomerado de tecidos linfoides, linfonodo;
Ganglionite: inflamação do gânglio;
Gangrena: morte dos tecidos, devido à falta de irrigação sanguínea;
Garrote: torniquete, aperto de um membro com tira, faixa ou elástico para diminuir ou interromper a circulação sanguínea;
Gastralgia: dor de estômago;
Gastrectomia: retirada parcial ou total do estômago;
Gástrico: relativo ao estômago;
Gastrite: inflamação do estômago;
Gastrocele: hérnia do estômago;
Gastrocolotomia: incisão do estômago e do cólon;
Gastrólito: presença de cálculo no estômago;
Gastrodinia: dor de estômago;
Gastroduodenite: inflamação do estômago e do intestino;
Gastromalacia: amolecimento do estômago;
Gastropatia: qualquer doença ou distúrbio do estômago;
Gastropexia: operação para fixação de estômago caído;
Gastroplegia: paralisia do estômago;
Gastroptose: prolapso do estômago;
Gastrorrafia: sutura do estômago;
Gastrorreia: secreção excessiva pelo estômago;
Gastroscopia: consiste em introduzir aparelho ótico através de orifício para inspecionar o estômago;
Gastroscópio: dispositivo para examinar o interior do estômago;
Gastrostomia: abertura da fistula gástrica em parede abdominal para introduzir alimentos;
Gastrotomia: incisão no estômago;
Gastrotaxia: hemorragia do estômago;
Genal: relativo à bochecha;
Gengival: referente à gengiva;
Gengivite: inflamação da gengiva;
Genitália: órgãos genitais;
Genoplastia: cirurgia plástica da face;
Geriatria: estudo das doenças dos idosos;
Germicida: que mata germes;
Gigantismo: doença causada pelo excesso de secreção do hormônio de crescimento pela hipófise;
Glândula: órgão que elabora e secreta determinadas substâncias;
Glicemia: quantidade ou nível de glicose no sangue;
Glicosúria: presença de glicose na urina;
Glomerulite: inflamação dos glomérulos do rim;
Glossa: palavra grega para língua;
Glossalgia: dor na língua;
Glossite: inflamação da língua;
Glúteo: relativo a nádegas;
Glutural: relativo a garganta;
Goniotomia: cirurgia de glaucoma.


H

Halitose: mau hálito;
Hallux Valgus: proeminência da articulação do metatarso (joanete);
Hematêmese: vômito com sangue.
Hematoma: acúmulo de sangue em um órgão ou tecido após uma hemorragia;
Hematúria: presença de sangue na urina;
Hemeralopia: cegueira diurna, diminuição da visão á luz do dia;
Hemiparesia: diminuição da mobilidade muscular de um lado do corpo;
Hemianalgesia: analgesia de um lado ou de uma metade do corpo;
Hemicolectomia: remoção cirúrgica de metade do cólon;
Hemiplegia: paralisia da metade do corpo;
Hemocaterese: destruição das hemácias pelo baço;
Hemocultura: cultura de sangue através de técnicas laboratoriais;
Hemodiálise: extração de substancias tóxicas contidas em excesso no sangue;
Hemofilia: doença congênita em que a pessoa está sujeita a hemorragias frequentes, por deficiência na cascata de coagulação;
Hemoftalmia: hemorragia ocular;
Hemoglobina: pigmento dos glóbulos vermelhos, destinados ao transporte de oxigênio;
Hemólise: destruição dos glóbulos vermelhos do sangue;
Hemoptise: hemorragia de origem pulmonar, escarro com sangue;
Hemorragia: sangramento, escape do sangue dos vasos sanguíneos;
Hemorroidectomia: remoção de hemorroidas.
Hemostasia: processo de equilíbrio em que o sangue circula sem coagular;
Hemotórax: coleção de sangue na cavidade pleural, onde são localizados os pulmões;
Hemólise: destruição dos glóbulos vermelhos do sangue;
Herniorrafia: sutura de uma hérnia;
Hepatalgia: dor no fígado;
Hepatectomia: retirada parcial do fígado;
Hepatite: inflamação do fígado;
Hepatoesplenomegalia: aumento do volume do fígado e do baço;
Hepatomegalia: aumento do volume do fígado;
Hepatotomia: incisão cirúrgica no fígado;
Heteroplastia: enxerto de tecidos de outra pessoa;
Hérnia: deslocamento de um tecido, protusão ou escape de um órgão para fora do seu sítio anatômico;
Hidrâmnio: excesso de liquido amniótico;
Hidratação: introdução de água e sais minerais no organismo;
Hidremia: excesso de água no sangue;
Hidrocefalia: aumento anormal da quantidade de líquido na cavidade craniana;
Hidruxia: urina excessiva e com grande quantidade;
Hiperalgesia: sensibilidade exagerada à dor;
Hipercalemia: quantidade excessiva de cálcio no sangue;
Hipercapnia: excesso de gás carbônico no sangue;
Hiperglicemia: excesso de glicose no sangue;
Hiperêmese: vômitos excessivos, incessantes;
Hiperemia: cor avermelhada da pele;
Hiperpirexia: febre muito alta acima de 40 ºC;
Hiperpneia: respiração anormal acelerada com movimentos respiratórios exagerados;
Hipertensão: elevação, acima do normal, da pressão em um órgão ou sistema;
Hipertermia: temperatura extraordinariamente elevada;
Hipertricose: excesso de pelos em certos locais ou locais anormais;
Hipertrofia: aumento anormal de um órgão ou tecido;
Hipofisectomia: retirada da hipófise;
Hipomenorreia: menstruação escassa;
Hipoestesia: diminuição da sensibilidade;
Hipoglicemia: diminuição do nível de glicose sanguíneo;
Hipoxia: falta de oxigênio;
Hipotensão: pressão arterial baixa;
Hipotermia: baixa da temperatura corporal abaixo da temperatura normal;
Hipotonia: baixo tônus muscular, fraqueza;
Histerectomia: retirada do útero;
Histeropexia: cirurgia para fixação do útero;
Histerossalpingografia: raio-x realizado com contraste que permite a visualização de possíveis anomalias nas trompas e cavidade uterina;
Homolateral: do mesmo lado.


I

Icterícia:  coloração amarelada da pele e mucosa;
Inapetência: anorexia, falta de apetite;
Incisão: corte, abertura;
Indolor: sem dor;
Ingestão: ato de deglutir ou engolir;
Inguinal: relativo à virilha;
Inter: prefixo que significa “entre”, “no meio”;
Intranasal: dentro da cavidade nasal;
Intravenoso: associação ao interior de uma veia, dentro da veia;
Involução: volta, regressão;
Isocoria: pupilas com tamanhos iguais;
Isquemia: insuficiência local de sangue;
Isquialgia: dor no quadril.


J

Jejuno: segunda porção do intestino delgado;
Jejunostomia: ligação do jejuno ao meio corporal externo para administração de alimentos por sonda;
Jugular: referente ao pescoço.

Segunda parte do artigo disponível no link abaixo:

Terminologia técnica na prática clínica, Glossário (parte 2)


» Para complementar o conteúdo:

Se você quer saber mais sobre siglas e abreviações, já publicamos três posts sobre o assunto aqui no site. Você pode acessá-los, clicando nos links abaixo:

Principais Siglas e Abreviaturas encontradas nas Prescrições Médicas

Significado das Siglas dos Medicamentos

Algumas Siglas Utilizadas na Prática Clínica


Referências:

  • EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES. PRINCIPAIS TERMOS UTILIZADOS EM ANOTAÇÕES DE ENFERMAGEM. Disponível em: http://www2.ebserh.gov.br/documents/147715/393018/PrincipaisTermosdeEnfermagem.pdf. Acesso em: 15 jun. 2020.
  • PFARMA.COM.BR. Termos Técnicos. Disponível em: https://pfarma.com.br/glossario-farmaceutico/138-termos-tecnicos.html. Acesso em: 15 jun. 2020.
  • PORTAL EDUCAÇÃO. D, E Medicina. Disponível em: https://siteantigo.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/medicina/d-e/3281. Acesso em: 15 jun. 2020.
  • CURSOS APRENDIZ. Glossário de Enfermagem. Disponível em: https://www.cursosaprendiz.com.br/glossario-enfermagem/. Acesso em: 15 jun. 2020.

 

One thought on “Termos técnicos utilizados na prática clínica, Glossário (Parte 1)

Deixe o seu Comentário